instagram satc twitter satc facebook satc linkedin da satc canal do youtube satc
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Notícias

Jornalismo Satc coloca em prática novas diretrizes no curso

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppCopy LinkFacebook MessengerEmail
28/01/2016 11:02
Notícias

As Novas Diretrizes do Jornalismo devem fazer parte da grade curricular dos cursos do país até 2016. O curso da Faculdade Satc já estava com disciplinas de acordo com as novas regras definidas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Mesmo assim, algumas alterações serão feitas visando focar as especificidades do jornalismo, bem como modernizar o currículo da instituição.

Dentre as alterações, disciplinas com assuntos culturais regionais e o estágio obrigatório são algumas das novidades. “A parte prática nós já estávamos em sintonia com as novas tecnologias desde sempre, nas teorias faremos adaptações a partir deste primeiro semestre”, observou a coordenadora do curso de Jornalismo da Satc, Lize Búrigo.

O curso da Satc é um dos primeiros do Brasil a colocar como disciplina regular a Infografia. “A nossa intenção é deixar a grade cada vez mais moderna e atualizada tanto no quesito teórico como no prático”, destacou Lize. O empreendedorismo é outro viés que deve ser implantado nos cursos do Brasil e a Satc já contempla em seu currículo.

Na avaliação do presidente do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina, Aderbal da Rosa Filho, as novas diretrizes representam avanço para o ensino e a profissão. “São alterações que valorizam a identidade regional, o que irá contribuir, e muito, na formação acadêmica destes estudantes”, comentou.

Em relação ao estágio obrigatório nos cursos, o presidente garante que a medida vai coibir as práticas que atualmente ocorrem de forma irregular.

Saiba mais sobre as Diretrizes Curriculares e as mudanças:






União da família é tema de Natal na Satc

Colaborador Satc: inscreva-se no evento de encerramento do PEC2030

Propostas trazem soluções para resolver abastecimento de energia na ponte Anita Garibaldi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente: