instagram satc twitter satc facebook satc linkedin da satc canal do youtube satc
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Problema Social

Rodovia João Cirimbelli sem asfalto e moradores enfrentam problemas respiratórios

Com o fluxo de veículos poeira é levantada e traz incômodos à população

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppCopy LinkFacebook MessengerEmail
28/11/2019 17:55 Maria Alice Cavaler
Jornalismo Satc, Notícias de Criciúma e Região

Pense no trajeto que você faz todo dia, seja para ir no trabalho ou aula. Agora imagine que em parte deste caminho você tenha que enfrentar muita poeira no rosto. Isso é a rotina de Zaque Castro, 27 anos. De bicicleta ele vai de casa até o trabalho. Ao passar na Rodovia João Cirimbelli o rapaz enfrenta problemas respiratórios, devido ao excesso de poeira que é levantado na estrada sem asfalto.

“É um transtorno. Venho por aqui porque é mais perto do que vir pelo asfalto. É complicado, fico com muita falta de ar”, comenta.

Em horários de pico, a situação fica mais caótica, pois passam mais carros, ocasionando mais poeira. Segundo Zaque, ele tenta sair do trabalho antes das 17h30min, assim evita tanto movimento. Os moradores estão lutando para a Rodovia ser asfaltada.

“Desde a época de nossos pais estamos na luta para pavimentar a Rodovia. O trafego de veículos levanta uma poeira insuportável. Todos os moradores, não tem um na rua que não tem problemas de rinite, falta de ar. A gente vê a poeira acumulando dentro da nossa casa”, relata a moradora Agmar Zanette.

E esses problemas de saúde Fátima Ferro sabe bem. A poeira faz com que a respiração de sua mãe, Maria, fique pior. “A situação está caótica. É muita poeira, o ar é ruim de respirar. Minha mãe já tem problemas de bronquite”, aponta Fátima.

Acidentes na Rodovia

Outro problema são os acidentes. Segundo os moradores, com a situação da estrada e as curvas, muitos carros capotam ou derrapam. “Os acidentes são constantes e geralmente os carros se perdem sozinhos”, destaca Agmar.

Resposta da Prefeitura

De acordo com a moradora Fátima, caminhões molham a estrada, mas não resolve. Pois após um tempo, a poeira novamente sobe. “O prefeito veio aqui, disse que era prioridade e em janeiro iam começar. Até agora nada”, lembra Fátima.

Segundo a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski, não há previsão para o Governo pavimentar a Rodovia.

“Há 6 anos estamos em conversa com o servidor público”, frisa Agmar. Enquanto isso os moradores ficam na expectativa de um dia não terem mais que se preocupar com a poeira no rosto e em suas casas.

Moradores se preocupam com preservação da Lagoa do Verdinho

Rodovia João Cirimbelli sem asfalto e moradores enfrentam problemas respiratórios

[VÍDEO] Como funciona o trabalho de Coach?

Uma resposta para “[VÍDEO] Como funciona o trabalho de Coach?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente: