instagram satc twitter satc facebook satc linkedin da satc canal do youtube satc
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
Coronavírus

Após 6º caso confirmado, Criciúma pode decretar calamidade pública

Prefeitos da Amrec terão reunião neste sábado para discutir medidas conjuntas

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppCopy LinkFacebook MessengerEmail
20/03/2020 17:58 Redação
Destaques Crici. Reg., Jornalismo Satc, Notícias de Criciúma e Região

A Prefeitura de Criciúma confirmou o sexto caso de Coronavírus durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (20). Os pacientes positivados estão em isolamento, dois em hospitais e os demais em suas residências. O prefeito Clésio Salvaro afirmou durante a conversa com os jornalistas que o município pode decretar calamidade pública nas próximas horas.

Segundo o secretário de Saúde Acélio Casagrande, até a tarde de hoje ao menos 250 pessoas passaram pelo Centro de Triagem preparado pelo município. “A gente reforça que é importante as pessoas só procurarem os locais de atendimento com sintomas mais fortes”, afirmou. Quem tiver dúvidas que possam ser sanadas pelo telefone basta ligar no 3444 7176, 3444 7177, 3444 7178 e 3444 7179.

Neste sábado (21), prefeitos da Associação dos Municípios da Região Carbonífera irão discutir a possibilidade de decretar Toque de Recolher na região. Se acontecer, polícia civil, miliar e o exército devem participar da operação.

Hospital de campanha

A unidade montada pela Unimed, ao lado do seu Hospital, segue atendendo a pacientes que apresentam sintomas como febre, dor no corpo, tosse seca e dificuldade de respirar. Já foram realizados 218 atendimentos de adultos e 79 de crianças.

A equipe que atua no Hospital de campanha realizou 63 coletas, mas apenas uma deu positivo para o Covid-19. Outros três pacientes seguem internados sem a confirmação de estarem com o vírus.

Print Friendly, PDF & Email

Manhãs frias e sol são indicativos para feriado de Páscoa

‘Desesperadora’ – diz presidente da CDL sobre a Páscoa deste ano

Prefeito defende abertura total do comércio e circulação de ônibus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente: