instagram satc twitter satc facebook satc linkedin da satc canal do youtube satc
Search
Generic filters
Exact matches only
Filter by Custom Post Type
SAÚDE

Inverno requer mais cuidados com o coronavírus, gripe e resfriado

A Covid-19 é uma doença recente, ainda não existem pesquisas que mostrem que no inverno ela se torna mais perigosa, mas é preciso cuidado

FacebookTwitterLinkedInWhatsAppCopy LinkFacebook MessengerEmail
10/09/2020 18:35 Cadu Vieira, Jatene Macedo e Larissa Witt | |
Destaques Crici. Reg., Jornalismo Satc, Notícias de Criciúma e Região

O inverno iniciou no dia 20 de junho e vai até o dia 22 de setembro. Desde o início da estação, a região sul vem registrando temperaturas baixas. Na última semana de agosto chegou a nevar em algumas cidades. Com o início do inverno e também da pandemia do novo coronavírus vieram muitas preocupações com a saúde.

Os sintomas da Covid-19 são parecidos com o da gripe e resfriado e com temperaturas mais baixas o risco de contrair esses dois vírus se torna mais comum. Já em relação ao coronavírus, por ser uma doença recente, ainda não existem dados ou pesquisas que mostrem que no inverno ele se torna mais perigoso, contudo, todo cuidado é fundamental.

Diferente do ano passado, neste ano o número de casos de gripes, resfriados e doenças comuns no período do inverno está sendo menor. “Isso se dá em virtude da gravidade alastrante do coronavírus. Nossas UTIs estão totalmente focadas e dispostas a lidar com os casos, mas mesmo com um foco no coronavírus ainda se tem uma especialização e cuidado para esses outros casos. Mesmo assim, houve um número baixo de gripes e resfriados comparado com a época do inverno passado”, afirmou o pneumologista Dr. Renato Matos.

O mundo já vive meses em isolamento por conta do vírus, portanto, as pessoas estão sentindo a necessidade de sair e ter relações sociais. Isso acontece principalmente com os jovens e muitos não tomam os devidos cuidados.

“As pessoas precisam ter mais atenção, pois o coronavirus não é algo simples. Muitos casos estão saindo com sequelas gravíssimas após o tratamento, e por ser algo novo não se sabe como o vírus vai reagir em cada pessoa. É essencial tomar todos os cuidados e evitar ao máximo pegar a Covid-19”, destacou o pneumologista.

Tanto no inverno quanto no verão é necessário seguir as recomendações de prevenção e segurança passadas pela Ministério da Saúde. Use máscara, álcool em gel e, principalmente, evite aglomerações.

 

 

Print Friendly, PDF & Email

Desde quando existe a depressão?

Representantes do setor de eventos farão manifestação nesta terça-feira (22) em Criciúma

Auxílio emergencial gera impacto positivo na economia do país

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comente: